sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

O Amor.

As sem-razões do amor

Eu te amo porque te amo,
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.

Carlos Drummond de Andrade

NÃO DEIXE O AMOR PASSAR

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.

Carlos Drummond de Andrade

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Momento Flusão

Feliz com o meu time tantas vezes campeão.

"Eterno Amor" - Fluminense

"ôôô! ôôôôôô! Fluminense, eterno amor!
É por isso que eu canto,
eu visto esse manto,
orgulho de ser tricolor ôôô! ôôôôôô!"

"Horto Mágico" - Fluminense

"Soooooooouuuu
soou tricoloooooooooooorrr
sou tricolor de coraçãaaaaaaaao
vim ver o Flu
meu grande amor
Graças a Deus sou tricolorrrrrr

Vamos Fluzão
Vamos ganhar
Eu sou do clube 30 vezes campeão
Vim para torcer
Vim para gritar
E por você a vida inteira eu vou cantar

Vamos Fluzão
Vamos ganhar
Eu sou do clube 30 vezes campeão
Vim para torcer
Vim para gritar
E por você a vida inteira eu vou cantar!!!

Vamos Fluzão
Vamos ganhar

Pois sou do clube 30 vezes campeão
É campeão
Vim para torcer
Vim para gritar
E por você a vida inteira vou cantar"

O Agonia e suas invenções.

Esses dias conheci uma caricatura chamada Agonia. Ele mora lá na rua sertão, no bairro acorda sertão, na cidade dos sonhos, no país Brazilândia. Estava circulando pela rua das escolhas, repletas de cabos e que circulavam muita gente. De repente me deparei com Agonia. Ele olhou pra mim de uma forma bem estranha e me falou:

“Boa tarde. Estou tentando encontrar aqui um caminho pra ver se eu chego a um lugar. Vc poderia me ajudar?”.

Prontamente disse-lhe: “Claro. Se for possível te ajudar, farei com prazer”.

E ele prosseguiu:

“Estou procurando nesse mundo de tantos caminhos e de tanta gente circulando uma rua chamada Rua Antiética, vc conhece?”.

Mais uma vez respondi:

“Olhe, essa rua é muito bem conhecida e freqüentada. Mas os freqüentadores dela são pessoas que não possuem caráter e nenhum senso de responsabilidade. Lá as pessoas ficam criando estórias inexistentes e difamando outras pessoas sem nem ao menos conhecê-las. Por isso, sempre procuro me distanciar dela”.

Agonia, avermelhado, disse-me:

“Esse é o grande problema, eu sou um inventor. Gosto de ludibriar o pensamento das pessoas criando essas benditas estórias. E me disseram que nessa rua eu teria uma grande receptividade e as minhas invenções seriam bem aceitas, inclusive essa semana eu inventei uma estória sobre uma pessoa que tem uma cascavel no bolso e que vive soltando ela contra pessoas que eu considero iguais a mim, então preciso chegar nesse lugar pra divulgar isso de uma forma muito urgente, vc me entende?”.

Eu, mais uma vez solicito respondi:

“Bom, claro que vou te ajudar, até porque temos a liberdade de escolher os caminhos que desejamos seguir. Eu conheci pessoas que já vieram de lá e se arrependeram de terem ido lá. Essas pessoas me disseram que essa Rua fica colada com a rua sertão e que ambas ficam no bairro acorda sertão, lá na cidade dos sonhos, na Brazilândia”.

Agonia, pasmo, falou:

“Oxe Home, mas é colado na minha rua”.

Ai falei:

“Isso mesmo Agonia, bem colado, só que vc não percebeu a proximidade porque vc só vive pra inventar estórias e deixa de enxergar a realidade, Não podemos viver de estórias, vc poderia utilizar o seu dom inventor para atuar na realidade, mas como estamos vivendo em um mundo complexo e livre e a sua escolha é essa siga em frente, mas não esqueça: respeito, consideração e hombridade nesse lugar vc nunca vai encontrar, esse é o conselho que lhe dou”.

Agonia, parou, pensou (como?) e seguiu....pra onde eu não sei, mas nos próximos dias, vamos saber o seu caminho, basta ver se existem noticias inventoras lá da rua antiética, do bairro acorda sertão, na cidade dos sonhos, na Brazilândia.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Oi

Galera, chega a dar enjoo esse 2º turno. Ninguém discute nada de racional e verdadeiro. Só estamos vendo promessas, promessas e mais promessas. Muito parecido com antes né. Só que hoje os jornais, revistas, internet e TV ajudam a divulgar esse mundo de mentiras criadas de maneira instantânea e sulreal. É bolinha de papel, saco de água, coisas tão irrelevantes para o futuro do nosso país, mas quando muito bem utilizados pelos marketeiros, produzem conseqüências drásticas. Tudo isso pelo poder. E a ética e o respeito, por onde andam? Será que eles já existiram em algum momento??? Sei lá...tá doido isso viu...to retado, quero escrever mais não....e a destruição continua.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Eita e o debate de ontem hein!!!!

Já que comecei a escrever sobre política não custa nada falar um pouquinho sobre o debate de ontem né. Vou começar pelo pior. José Serra. Meu Deus o que é aquilo. Um personagem forçado, visivelmente criado pelo seu marketing político. Até suas “idéias e propostas” são forçadas. O PSDB hoje tem um grande problema. Fica querendo manter São Paulo no poder e não deu oportunidade para o único que poderia ganhar de Dilma, que é o Aécio Neves. Esse, inclusive, quase fora do PSDB. Melhor coisa que faz. Depois veio Dilma. Poxa, tantos bons representantes o PT tem (Suplicy, Mercadante, Pinheiro, etc, etc) e o melhor presidente que o Brasil teve escolhe logo Dilma. Esta é uma profissional técnica extremamente competente, mas como política deve e deve muito. Não tem carisma, a percepção de articulação das idéias é lenta (típica da profissional competente que é), erra a todo o momento. Posteriormente, melhorando as coisas veio Marina, muito bem articulada, mostrou ter um profundo conhecimento da realidade brasileira, mas só apresentou possíveis melhoras e se tornou uma espécie de candidata de uma nota só (parece que em todas as eleições para presidente isso acontece né)...rsrs....Mas o melhor de todos foi o Plínio. Intelectual renomado nos meios esquerdistas tradicionais. Apresenta um conhecimento profundo da História Brasileira e sempre fez questão de se diferenciar dos outros com uma proposta de mudança radical. Não quer melhorias, isso pra ele é esmola. Ele quer é transformação, mutação, na raiz. Esse foi o único que apresentou algo de verdadeiro e diferente. Uma de suas propostas foi a Auditoria da dívida externa (acho que nessa hora William Bonner e o dono da Globo se tremeram todo....rsrsrs). Mas Plinio esta muito, mas muito, muito, muito mesmo (rsrsrs) a frente do nosso tempo. Fazer o que né...Pois é isso....beijos e abraços e fui.

Grande Satisfação.

Hoje eu não ia escrever. Não gosto muito de escrever por essas épocas para não ser taxado de tendencioso. Sempre penso em não escrever nada em épocas de eleição, mas acabo mudando de idéia, acho que não consigo visualizar as coisas e não dizer nada. Sinto-me preso, sem liberdade, então decido escrever, falar para que as pessoas conheçam um pouco de algumas percepções que tenho. A minha vontade de escrever algo agora veio da atitude de um cidadão gloriense. Uma pessoa que nunca vi pessoalmente (pelo menos não me lembro) e que só conheço por fotos. Especialmente, gostaria de parabenizar o vereador Valério José pela sua atitude na câmara de vereadores de Glória. Ontem, ouvindo o áudio desta câmara (áudio do dia 21 de setembro de 2010) conclui que, graças a deus, o nosso futuro político não esta tão restrito ou ameaçado como pensava. Valério mostrou ser um rapaz digno com o que pensa e com sua práxis. Mostrou que além de ser um bom político é um ser humano de sensibilidade social. A mentira pra ele representa uma espécie de tortura psicossocial de grande importância. E isso me deixa feliz. Fico contente em saber que ele não perdeu suas origens e que mesmo fazendo parte de um determinado grupo político é livre para se expressar contra ou a favor desse grupo, falando o que pensa. Pessoas como ele estão se extinguindo nos nossos dias. Valério continue sempre assim, sendo coerente com a sua consciência social e política. Pessoas como vc deverão sempre estar no seio de nosso povo. MAIS UMA VEZ PARABÉNS.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Quer aprender informatica?

Amigos....o motivo dessa postagem rapida é divulgar o trabalho de um grande professor de Informatica chamado João Antônio. Ele é pernambucano e considerado o melhor professor de informática no mundo dos concursos. Pois é. essa figura decidiu criar um site com a proposta de ensinar, por meio de videos aulas, GRATUITAMENTE, a matéria informatica para crianças, adultos e idosos. É a chamada Inclusão Total. Quem acha que informatica é um bicho de sete cabeças, quando assistir as aulas dessa figura vai deixar de pensar isso....o cara é bom...podem ter certeza....por isso aproveitem...vale a pena.

o site é http://www.beabyte.com.br/

Ahhhh....como seria bom se todos nós fizessemos um pouquinho do que o Professsor João Antônio esta fazendo.

é isso. Fui.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Um poema para refletir

O Analfabeto Político
Berthold Brecht



O pior analfabeto
É o analfabeto político,
Ele não ouve, não fala,
nem participa dos acontecimentos políticos.

Ele não sabe que o custo de vida,
o preço do feijão, do peixe, da farinha,
do aluguel, do sapato e do remédio
dependem das decisões políticas.

O analfabeto político
é tão burro que se orgulha
e estufa o peito dizendo
que odeia a política.

Não sabe o imbecil que,
da sua ignorância política
nasce a prostituta, o menor abandonado,
e o pior de todos os bandidos,
que é o político vigarista,
pilantra, corrupto e o lacaio
das empresas nacionais e multinacionais.

Quem deseja saber um pouco mais sobre essa figura acesse:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Bertolt_Brecht

terça-feira, 22 de junho de 2010

A saída de um conterrâneo e o futuro.

Hoje, 22/06/2010, visitando sites e blogs vejo a seguinte noticia: “Secretário de turismo de Glória pede demissão”. Tomei um susto com essa informação. Conheço Tassio desde criança. Sempre fui muito amigo do irmão dele (Érico) e cresci sempre tendo bastante contato com ele (Tassio) e seus pais (Zezé e Betinha) – pessoas maravilhosas. Fico aqui me perguntando, porque será que Tassio saiu dessa secretária?. Existem algumas versões sobre a sua saída e realmente acredito nelas. Acho que Tassio saiu porque tem outras pretensões profissionais e saiu porque não estavam deixando ele colocar em prática suas ideias. Mas, acredito que o segundo fator foi mais determinante. Porque???. porque não existe laboratório melhor para se desenvolver a cultura, o esporte e o turismo de uma cidade do que fazendo parte de uma secretária municipal. Nesse espaço, os relacionamentos interpessoais, institucionais e organizacionais são maiores. O secretário normalmente tem um leque de atuação muito amplo. Temos projetos maravilhosos no setor e o apoio público e privado na área é enorme.. E ai porque sair? Estou na cidade que amo, com as pessoas que amo, realizando um trabalho que amo, tenho uma possibilidade de aprendizado profissional enorme, a remuneração não é ruim para o padrão de vida da região e o mais importante, eu tenho uma potencialidade gigante de desenvolver a cultura, o esporte e o turismo em Glória. Sinceramente, sair só em um contexto atípico. E foi isso que, infelizmente, aconteceu com Tassio. Eu pessoalmente fico muito triste com a saída dele, espero que o seu sucessor tenha a visão macro e micro do que representa a cultura, o esporte e o lazer para uma sociedade. Espero que a visão seja muito além das festas e do “pão e circo”. Ter festas é bom, mas não desenvolve. É necessário pensar a cultura, o esporte e o turismo além das festas, do baba ou do domingo na beira rio. Tassio, felicidades e sucesso em sua nova caminhada e vamos ao futuro.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Sobre a trezena de santo antônio em Gloria – Bahia. (será?)

As festas juninas estão chegando. O forró vai “comer solto” no sertão. As cidades vão se caracterizar e entrar no clima da festa. Em Glória não vai ser diferente. Minha terra, lugar de gente boa e humilde. Lá temos a trezena de Santo Antônio. Lembro quando morava em Glória a trezena era maravilhosa, tínhamos as missas, as quadrilhas, as comidas tipicas, as gincanas, a festa do dia dos namorados e a tranquilidade gloriense. Já não participo da festa há uns 6 anos. Nesse período tenho acompanhado os rumos da trezena e tenho percebido como ela se torna, cada vez mais, uma festa com viés politico. Não estou dizendo que antes não havia, acho até que sempre existiu, mas não na intensidade dos últimos anos. Os questionamentos são tantos. Olhando o site de Ozildo Alves presencio uma discussão acalorada sobre a festa / politica. Tudo começou com a divulgação da programação. Os que gostaram disseram que a programação estava boa porque o objetivo é a manutenção da tranquilidade da festa, da tradição anterior, etc...e ai, finalizam os comentários exaltando a prefeita e realizando uma comparação agressiva com a gestão anterior. Os que não gostaram falam da queda na qualidade das atrações (quando comparada a anos anteriores), também exaltam o ex-prefeito e comparam, também agressivamente, com a gestão atual (quanto também...rsrsrs...mas eles são necessários). Ai fico aqui pensando com os meus ...Quem esta certo nessa discussão sem sentido? Pessoalmente, acho que ela começou de forma intencional. O primeiro comentário é tendencioso, busca a confronto, isso é evidente. Uma pessoa que inicia uma discussão daquela só quer procurar conflitos sem sentido algum. Só deseja gerar as tradicionais “palavras de ordem” que tanto povoam o nosso senso comum. Enfim, discussões inúteis. Para se ter uma ideia, vou postar alguns comentários. As coisas são mais ou menos assim:

A discussão já iniciada anteriormente continua com um questionamento. surge uma figura e diz:

“Kd Reginaldo Rossi prefeita?”

(Eu queria saber qual a importância de Reginaldo Rossi pra cultura de Gloria? ou é promessa politica não cumprida?).

Surge outra e diz:

“Engraçado como as pessoas sabem criticar, acostumadas em ganhar dinheiro com Policarpo, vem dizer que não tem banda nessa programação??? Isso sim é uma festa cultural, voltada para famílias, festa tranquila, festa de bons costumes, com toda paz do mundoooo. Agora os incomodados por que não conseguiram fazer festas de porte como essa e a do ano passado que não vão, por que parece que pra vocês verem o sorriso e a alegria do povo incomoda né!! Rum.

(Pessoas acostumadas a ganhar dinheiro com Policarpo. Que questionamento hein...e nessa programação ninguém ganhou dinheiro? Então as atrações estão vindo gratuitamente? Ai misturam com a tranquilidade, os bons costumes...e antes não tínhamos tranquilidade, tradição e bons costumes? Depois expõe o porte da festa em um sentido grandioso nunca feito até então....ai ficou tudo maluco. A programação tem um porte grandioso com tranquilidade? Doideira viu....Vamos lá...temos mais.

“É e ainda falavam do outro Prefeito, infelizmente a cada dia que passa a festa vai ficando pior, essa programação está horrível. Mas o povo merece..”

(O povo merece? E essa figura que comentou é o que? povo ou um ET?)

Ai, de repente surge uma figura “iluminada”, com um “senso” de cidadania única e plena deixando a discussão complexa:

“As ATRAÇÕES foram bem escolhidas, o pessoal de PAULO AFONSO-BA adorou e é só o que se comenta por aqui, pelos menos de P.A vai muita gente; já o pessoal de Glória não irá fazer tanta falta na festa, afinal de contas vcs não estão sabendo dar valor ao que a PREFEITURA está oferecendo a vcs...coloca a cabeça de vcs pra pensar que essa cidade não tem tanta estrutura para fazer grandes festas com grandes bandas!! Outra coisa, não esqueçam que quem faz a festa de P.A e região é o pessoal de PAULO AFONSO!!Bjus pra todos da organização da festa”

(A festa é em Gloria ou em Paulo Afonso? A prefeita ganhou as eleições com o voto de quem??? da população de Paulo Afonso ou de Gloria? E vamos pensar, a cidade nem tem tanta estrutura não é? Porque será? Será que Glória não tem estrutura porque quem faz a festa de Paulo Afonso e região é o pessoal de PA, que massa....aprendi tanto com esse texto filosófico...lindo demais isso....rsrsrsrs.)

E para finalizar tenho mais duas perolas. Vamos lá que a absorção intelectual esta sendo intensa.


“PARABÉNS PREFEITA!! NÃO IMPORTA SENÃO VEM AVIÕES, ZEZÉ E LUCIANO OU OUTRAS DESSE NÍVEL, O IMPORTANTE É A FESTA, É A TRADIÇÃO DAS 13 NOITES. O QUE ADIANTA TRAZER NODA DE CAJÚ, COLO DE MENINA, SE TODAS AS BANDAS TOCAM AS MESMAS MÚSICAS. PRA ESSE POVO DE GLÓRIA, A FESTA SÓ PRESTA SE A PREFEITURA GASTAR MUUUUUUUUUITO DINHEIRO! MAIS ESQUECE QUE O POVO PRECISA DE DIVERSÃO, DE MOMENTO FAMÍLIA, COM UM LOCAL ONDE POSSA ENCONTRAR OS AMIGOS, COLOCAR O PAPO EM DIA... LEMBREM-SE, O POVO NÃO COME DINHEIRO! SE NÃO ESTÃO SATISFEITOS, VÃO CURTIR EM PAULO AFONSO, QUE VAI SER BOM, MAS NÃO TERÁ A TRANQUILIDADE QUE AQUI EM GLÓRIA”

“Queridíssima, bom dia! Gostaria de saber quanta raiva ou mágoa você tem das pessoas de Glória? O que fizemos pra você está tão magoada assim? Quando você utiliza as expressões "esse povo de Glória" e "o povo não come dinheiro" quer dizer que você é de onde? Ou só está aqui para ganhar dinheiro? Aproveite estes quatro míseros anos para ganhar um trocadinho... Se toca garota!”


(Sinceramente...sem comentários).


Bom, deixando de lado o impeto “revolucionário” dos comentários e voltando a normalidade, depois dessa intensa apreciação acadêmica, queria dizer que há algum tempo atrás participei de uma dessas discussões. No momento em que desejei criar um dialogo mais construtivo não obtive respostas. Deixei meu email e nada aconteceu. Claro, como tenho amor ao meu intelecto deixei de participar. É complicado você tentar conversar sobre uma coisa com pessoas que não falam nada com nada e ainda não se identificam e que na realidade desejam de verdade é o conflito sem sentido, sem logica argumentativa, sem nada que possa acrescentar a um ser humano. Fico muito triste quando essas coisas acontecem, e ao mesmo tempo tenho pena dessas pessoas. Mas entendo. Elas são necessárias. Alguem precisa manter a estrutura. Vcs sabem o que estou dizendo. Eu só sei de uma coisa, esse ano vou para festa de santo antônio, vou assistir minha missa, tomar minha cerveja, dançar meu forró, ver meus amigos e minha família, falar de politica com pessoas que sabem discutir politica e, claro, ter o imenso prazer de estar em minha amada Glória.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Reiniciando e os Relatos.

Olá amigos...estou de volta. Um tanto renovado e pronto para seguir a vida. Depois de muito pensar pensar...pensar...rsrsrs...decidi voltar a escrever ou começar a escrever algumas coisas e, claro, tornar o blog mais ativo.
Vou iniciar um conjunto de pequenos relatos sobre alguns lugares por onde passei ou passo. Falar um pouco do cotidiano dessas cidades. Espero que gostem e galera...existe um espaço ai para comentários...vamos participar né.
Lembrando...Amanhã é o niver de um grande amigo...Negão Sandro...esta completando 50 anos (acho)...rsrsrs...figura gente boa...um cara super humano, batalhador pra caramba...só tem um grande defeito (acho que vcs já sabem não é)..rsrsrs...mente demaisssss...rsrsrs.

Relato 01 – Salvador

Salvador!!! Terra de grande magia, das festas, da alegria e do axé.. Povo receptivo e feliz. Quando você pensa na Bahia já lembra logo de Salvador, de Dorival caymmi deitado em uma rede celebrando a cultuada “preguiça” baiana, do carnaval, do pagode e do axé. Pois é meus amigos esta é a versão oficial e a que todos já sabem. Mas o que muitos não sabem é que aqui, na realidade o negócio é diferente. Concordo quando falam que aqui as pessoas são alegres e adoram festas, mas discordo quando falam que o baiano é preguiçoso. Aqui o povo trabalha pra caramba. Sabe festejar e trabalhar. Salvador é uma cidade linda, maravilhosa, violenta, pobre e maluca. Ao mesmo tempo em que as pessoas são bem receptivas, você consegue ser muito mal atendido quando vai a um restaurante ou a um bar. Aqui as pessoas adoram botecos, mas não temos um boteco de qualidade com uma musica ambiente. Não temos aqui um local onde possamos curtir (pelo menos eu não conheço) sem que seja no meio dos gigantes shows, alias, em Salvador hoje só se faz shows grandes. É horrível isso, mas é o sistema que gera mais lucro. No transito então é uma loucura, todos reclamam de todos e ao mesmo tempo todos estão errados, é uma guerra, ninguém respeita nada, do motorista de ônibus ao motorista de taxi e o orgão que fiscaliza o transito faz a mesma coisa. Eita terra doida.
Na politica o negocio é mais complicado ainda. As pessoas vivem uma especie de síndrome de ACM. Se a cidade esta violenta é porque não é o grupo de ACM que manda mais na Bahia. Se o trafico de drogas reina na cidade é porque o grupo de ACM não manda mais na Bahia. Se a cidade chove demais é porque o grupo de ACM não manda mais na Bahia. Tudo aqui é consequência do grupo de ACM não estar mais no poder. Chega a ser cansativo essas repetições. Como se em Salvador nunca tivesse existido violência, trafico de drogas e chuva. É a superficialidade reinando. Enfim, poderia aqui escrever muitas linhas falando desta terra, mas preciso terminar, tenho outras coisas a fazer. Porém o objetivo dessas palavras é lhe dizer que quando você vier a Salvador não pense que aqui é tudo perfeito, temos coisas boas sim, mas temos muitos problemas também e esteja preparado para enfrentá-los.

Um grande abraço..

quarta-feira, 17 de março de 2010

Algumas coisitas e um bom texto.

Meus queridos(as) não tenho escrito muitas coisas ultimamente, "ando" meio recluso e pensativo sobre as coisas da vida, alguns acontecimentos me deixaram assim, mas prometo que um dia começo a manter o blog mais ativo, até lá deixo um texto. Vale a pena dar uma olhada "rapida". Tchauzin.

"O cego e o publicitário"


Havia um cego sentado na calçada em Paris, com um boné a seus pés e um pedaço
de madeira que, escrito com giz branco, dizia:

" Por favor, ajude-me, sou cego ".

Um publicitário, da área de criação, que passava em frente a ele,
parou e viu umas poucas moedas no boné.
Sem pedir licença, pegou o cartaz, virou-o,
pegou o giz e escreveu outro anúncio.

Voltou a colocar o pedaço de madeira aos pés do cego e foi embora.

Pela tarde o publicitário voltou a passar em frente ao cego que pedia esmola.
Agora, o seu boné estava cheio de notas e moedas.

O cego reconheceu as pisadas e lhe perguntou se havia sido ele
quem reescreveu seu cartaz, sobretudo querendo saber o que havia escrito ali.
O publicitário respondeu:

" Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras ".

Sorriu e continuou seu caminho.
O cego nunca soube, mas seu novo cartaz dizia:


"Hoje é primavera em París, e eu não posso vê-la"


Mudar a estratégia quando nada nos acontece,
pode trazer novas perspectivas.

Esta chegando!!!

Gostaria de compartilhar com todos a vinda da minha querida Alice (Autêntica). Esta com 5 meses de vida , ainda na barriga da mamãe dela. Vai ser muito amada por todos e estou torcendo para que seja uma mulher guerreira e que faça jus ao significado do seu nome. Bom, pelo menos vou fazer minha parte para que isso aconteça...hehehe.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Dicas

Meus amigos....estou postando alguns sitios importantes.

Se vc deseja estudar para concursos públicos de uma maneira barata, eficaz e em casa, esse é o sitio: www.euvoupassar.com.br (Criado pelos professores João Antonio e Sergio Carvalho).

Para quem deseja outras fontes de informação (contra informação) sobre politica, economia, sociedade...visite: www.resistir.info e www.carosamigos.com.br (lá vcs vão ver que o mundo não é só o que a Rede Globo e veja divulgam).

É isso amigos...visitem, façam parte de um grupo seleto (infelizmente) e que deveria ser maioria.

Grande abraço a todos.

O paradoxo do nosso tempo

Texto interessante para reflexão de todos.

Nós bebemos demais, gastamos sem critérios. Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e raramente estamos com Deus.

Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.

Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos freqüentemente.

Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.

Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho.

Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.

Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.

Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos.

Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.

Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos cada vez menos.

Estamos na era do \'fast-food\' e da digestão lenta; do homem grande, de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias.

Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados.

Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas \'mágicas\'.

Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa.

Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar \'delete\'..

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão aqui para sempre.

Lembre-se dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo,pois não lhe custa um centavo sequer.

Lembre-se de dizer \'eu te amo\' à sua companheira(o) e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, se ame... se ame muito.

Um beijo e um abraço curam a dor, quando vêm de lá de dentro.

Por isso, valorize sua familia e as pessoas que estão ao seu lado, sempre.

Atribuído a George Carlin

http://www.euvoupassar.com.br/visao/artigos/completa.php?id=3182

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

2010 É TRICOLOR


Meus amigos...o Flusão vem ai...o time de guerreiros iniciou 2010 com otimas perspectivas. Poucas, mas boas contratações. Com a base do ano passado mantida, acredito que esse ano será nosso, dos tricolores pó-de-arroz. Não vai ter pra flamenguista, nem vascaino, muito menos pra botafogense. Esse ano é tricolor.

Saudações Guerreiras.

Compartilhando.

...com vocês uma percepção interessante. Estava dando uma olhada em alguns sites/blogs que noticiam fatos da minha região (sempre acompanho eles para saber mais da região, já que não voltei a morar, ainda, na minha querida Glória) e nesse olhar superficial li algumas matérias e colunas que me trouxeram uma certa preocupação, mas não me proporcionou espanto algum. Primeiro a parcialidade das noticias postas (principalmente noticias sobre a politica local),mesmo sabendo que a imparcialidade jornalistica é impossivel de forma completa, chega a ser ridículo as preferências por grupos e comandantes políticos, é triste que o comprometimento seja com esses grupos e não com a população. Segundo, o que alguns colunistas estão escrevendo. Pelo amor de Deus. Existem pessoas que estão expondo opiniões politicas e não tem nem idéia do que significa o ser politico, essas pessoas precisam repensar suas formações antes de postar qualquer "materia" sobre o tema, precisam ter uma leitura mais embasada, mais profunda, mais enraizada. É evidente a falta de um conhecimento mais concreto da Ciência política. Sinceramente, não existe acréscimo algum para o cidadão que lê a maioria desses colunistas...É ESPANTOSO.

Começando!!!

Bom pra começar....deixo um belo poema do Carlos Drumond de Andrade para que todos, que passam por aqui, reflitam um pouco. Abraços.

A VERDADE

A porta da verdade estava aberta,

mas só deixava passar

meia pessoa de cada vez.

Assim não era possível atingir toda a verdade,

porque a meia pessoa que entrava

só trazia o perfil de meia verdade.

E sua segunda metade

voltava igualmente com meio perfil.

E os dois meios perfis não coincidiam.

Arrebentaram a porta. Derrubaram a porta.

Chegaram a um lugar luminoso

onde a verdade esplendia seus fogos.

Era dividida em duas metades,

diferentes uma da outra.

Chegou-se a discutir qual a metade mais bela.

As duas eram totalmente belas.

Mas carecia optar. Cada um optou conforme

seu capricho, sua ilusão, sua miopia.

Carlos Drumond de Andrade

Estou no Blogspot

Amigos...mudei de blog...agora estou postando aqui, sempre na mesma linha de raciocinio. Vamos lá...façam comentários, participem.

Abraços.