terça-feira, 25 de maio de 2010

Sobre a trezena de santo antônio em Gloria – Bahia. (será?)

As festas juninas estão chegando. O forró vai “comer solto” no sertão. As cidades vão se caracterizar e entrar no clima da festa. Em Glória não vai ser diferente. Minha terra, lugar de gente boa e humilde. Lá temos a trezena de Santo Antônio. Lembro quando morava em Glória a trezena era maravilhosa, tínhamos as missas, as quadrilhas, as comidas tipicas, as gincanas, a festa do dia dos namorados e a tranquilidade gloriense. Já não participo da festa há uns 6 anos. Nesse período tenho acompanhado os rumos da trezena e tenho percebido como ela se torna, cada vez mais, uma festa com viés politico. Não estou dizendo que antes não havia, acho até que sempre existiu, mas não na intensidade dos últimos anos. Os questionamentos são tantos. Olhando o site de Ozildo Alves presencio uma discussão acalorada sobre a festa / politica. Tudo começou com a divulgação da programação. Os que gostaram disseram que a programação estava boa porque o objetivo é a manutenção da tranquilidade da festa, da tradição anterior, etc...e ai, finalizam os comentários exaltando a prefeita e realizando uma comparação agressiva com a gestão anterior. Os que não gostaram falam da queda na qualidade das atrações (quando comparada a anos anteriores), também exaltam o ex-prefeito e comparam, também agressivamente, com a gestão atual (quanto também...rsrsrs...mas eles são necessários). Ai fico aqui pensando com os meus ...Quem esta certo nessa discussão sem sentido? Pessoalmente, acho que ela começou de forma intencional. O primeiro comentário é tendencioso, busca a confronto, isso é evidente. Uma pessoa que inicia uma discussão daquela só quer procurar conflitos sem sentido algum. Só deseja gerar as tradicionais “palavras de ordem” que tanto povoam o nosso senso comum. Enfim, discussões inúteis. Para se ter uma ideia, vou postar alguns comentários. As coisas são mais ou menos assim:

A discussão já iniciada anteriormente continua com um questionamento. surge uma figura e diz:

“Kd Reginaldo Rossi prefeita?”

(Eu queria saber qual a importância de Reginaldo Rossi pra cultura de Gloria? ou é promessa politica não cumprida?).

Surge outra e diz:

“Engraçado como as pessoas sabem criticar, acostumadas em ganhar dinheiro com Policarpo, vem dizer que não tem banda nessa programação??? Isso sim é uma festa cultural, voltada para famílias, festa tranquila, festa de bons costumes, com toda paz do mundoooo. Agora os incomodados por que não conseguiram fazer festas de porte como essa e a do ano passado que não vão, por que parece que pra vocês verem o sorriso e a alegria do povo incomoda né!! Rum.

(Pessoas acostumadas a ganhar dinheiro com Policarpo. Que questionamento hein...e nessa programação ninguém ganhou dinheiro? Então as atrações estão vindo gratuitamente? Ai misturam com a tranquilidade, os bons costumes...e antes não tínhamos tranquilidade, tradição e bons costumes? Depois expõe o porte da festa em um sentido grandioso nunca feito até então....ai ficou tudo maluco. A programação tem um porte grandioso com tranquilidade? Doideira viu....Vamos lá...temos mais.

“É e ainda falavam do outro Prefeito, infelizmente a cada dia que passa a festa vai ficando pior, essa programação está horrível. Mas o povo merece..”

(O povo merece? E essa figura que comentou é o que? povo ou um ET?)

Ai, de repente surge uma figura “iluminada”, com um “senso” de cidadania única e plena deixando a discussão complexa:

“As ATRAÇÕES foram bem escolhidas, o pessoal de PAULO AFONSO-BA adorou e é só o que se comenta por aqui, pelos menos de P.A vai muita gente; já o pessoal de Glória não irá fazer tanta falta na festa, afinal de contas vcs não estão sabendo dar valor ao que a PREFEITURA está oferecendo a vcs...coloca a cabeça de vcs pra pensar que essa cidade não tem tanta estrutura para fazer grandes festas com grandes bandas!! Outra coisa, não esqueçam que quem faz a festa de P.A e região é o pessoal de PAULO AFONSO!!Bjus pra todos da organização da festa”

(A festa é em Gloria ou em Paulo Afonso? A prefeita ganhou as eleições com o voto de quem??? da população de Paulo Afonso ou de Gloria? E vamos pensar, a cidade nem tem tanta estrutura não é? Porque será? Será que Glória não tem estrutura porque quem faz a festa de Paulo Afonso e região é o pessoal de PA, que massa....aprendi tanto com esse texto filosófico...lindo demais isso....rsrsrsrs.)

E para finalizar tenho mais duas perolas. Vamos lá que a absorção intelectual esta sendo intensa.


“PARABÉNS PREFEITA!! NÃO IMPORTA SENÃO VEM AVIÕES, ZEZÉ E LUCIANO OU OUTRAS DESSE NÍVEL, O IMPORTANTE É A FESTA, É A TRADIÇÃO DAS 13 NOITES. O QUE ADIANTA TRAZER NODA DE CAJÚ, COLO DE MENINA, SE TODAS AS BANDAS TOCAM AS MESMAS MÚSICAS. PRA ESSE POVO DE GLÓRIA, A FESTA SÓ PRESTA SE A PREFEITURA GASTAR MUUUUUUUUUITO DINHEIRO! MAIS ESQUECE QUE O POVO PRECISA DE DIVERSÃO, DE MOMENTO FAMÍLIA, COM UM LOCAL ONDE POSSA ENCONTRAR OS AMIGOS, COLOCAR O PAPO EM DIA... LEMBREM-SE, O POVO NÃO COME DINHEIRO! SE NÃO ESTÃO SATISFEITOS, VÃO CURTIR EM PAULO AFONSO, QUE VAI SER BOM, MAS NÃO TERÁ A TRANQUILIDADE QUE AQUI EM GLÓRIA”

“Queridíssima, bom dia! Gostaria de saber quanta raiva ou mágoa você tem das pessoas de Glória? O que fizemos pra você está tão magoada assim? Quando você utiliza as expressões "esse povo de Glória" e "o povo não come dinheiro" quer dizer que você é de onde? Ou só está aqui para ganhar dinheiro? Aproveite estes quatro míseros anos para ganhar um trocadinho... Se toca garota!”


(Sinceramente...sem comentários).


Bom, deixando de lado o impeto “revolucionário” dos comentários e voltando a normalidade, depois dessa intensa apreciação acadêmica, queria dizer que há algum tempo atrás participei de uma dessas discussões. No momento em que desejei criar um dialogo mais construtivo não obtive respostas. Deixei meu email e nada aconteceu. Claro, como tenho amor ao meu intelecto deixei de participar. É complicado você tentar conversar sobre uma coisa com pessoas que não falam nada com nada e ainda não se identificam e que na realidade desejam de verdade é o conflito sem sentido, sem logica argumentativa, sem nada que possa acrescentar a um ser humano. Fico muito triste quando essas coisas acontecem, e ao mesmo tempo tenho pena dessas pessoas. Mas entendo. Elas são necessárias. Alguem precisa manter a estrutura. Vcs sabem o que estou dizendo. Eu só sei de uma coisa, esse ano vou para festa de santo antônio, vou assistir minha missa, tomar minha cerveja, dançar meu forró, ver meus amigos e minha família, falar de politica com pessoas que sabem discutir politica e, claro, ter o imenso prazer de estar em minha amada Glória.