segunda-feira, 18 de abril de 2011

Por que gritamos?

Um dia um pensador indiano fez a seguinte pergunta a seus discípulos:
- Por que as pessoas gritam quando estão aborrecidas?
- Gritamos porque perdemos a calma, disse um deles.
- Mas, por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado, questionou o pensador.
- Bem, gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouça, retrucou outro discípulo.
E o mestre volta a perguntar:
- Então não é possível falar-lhe em voz baixa?
Várias outras respostas surgiram, mas, nenhuma convenceu o pensador. Então ele esclareceu:
- Vocês sabem porque se grita com uma pessoa quando se está aborrecida?
O fato é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se afastam muito. Para cobrir esta distância, precisam gritar para poderem escutar-se mutuamente.
Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para ouvir um ao outro, através da grande distância.
Por outro lado, o que sucede quando duas pessoas estão enamoradas?
Elas não gritam. Falam suavemente. E por quê?
Porque seus corações estão muito pertos.
A distância entre elas é pequena.
As vezes estão tão próximos seus corações, que nem falam, somente sussurram. E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer sussurrar, apenas se olham, e basta. Seus corações se entendem.
É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas.
Por fim, o pensador conclui dizendo:


"Quando vocês discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta."

quarta-feira, 13 de abril de 2011

25 perguntas sobre Glória.

1) Porque o PT não saiu da atual administração? (vide texto)

2) Porque a atual administração atrasa por meses os contratos firmados na prefeitura municipal?

3) Porque os milhões prometidos ainda não chegaram (infelizmente)?

4) Por onde anda a empresa (e seus representantes) que iam construir o Fórum da cidade e desapareceram?

5) E o concurso saí ou não? E o dinheiro que já foi pago?

6) Cadê o estudo que deveria ser realizado na cidade objetivando uma tributação mais equitativa dos imóveis urbanos?

7) E nossas vias urbanas (Calçamentos, calçadas), como estão? Existem?

8) E o reaparelhamento da educação municipal? A necessidade de tecnologia de ponta, educação de qualidade, bons professores, salários decentes, prédios bem estruturados existem?

9) E os investimentos na saúde? Remédios, médicos, enfermeiros, técnicos, salários, equipamentos, como estão?

10) E os projetos e captação de investimentos em energia eólica e solar?

11) E os projetos e captação de investimentos em turismo e/ou ecoturismo?

12) Será que o fim do excesso de “quebra-molas” vai acontecer?

13) Porque no site da prefeitura de Glória não tem um link sobre as dotações recebidas mensalmente? Acho que todos querem saber os valores que estão no tesouro municipal e consequentemente seus gastos mensais. Não é necessário ir ao tribunal de contas, não acham?

14) Porque na administração municipal estamos cheios de pessoas de Paulo Afonso exercendo funções que poderiam ser realizadas por pessoas da própria cidade?

15) Porque algumas famílias que apóia ou apoiaram a atual administração andam tão insatisfeitas?

16) Porque o chefe de transporte do município diz que no verão não coloca os famigerados “carros-pipas” para as pessoas do município porque é nessa época que os “criadores” devem vender suas crias para sobreviverem às fortes secas?

17) Porque algumas pessoas da gestão anterior ainda mandam na gestão atual?

18) E a cultura local esta sendo valorizada como deveria? E nossas festas tradicionais como estão?

19) Como estão os incentivos aos microempresários da cidade?

20) Existem cursos técnicos para nossos jovens? Em um mercado de trabalho tão aberto, como a cidade esta aproveitando essa grande oportunidade?

21) Como foram feitos os acordos referentes aos problemas com FGTS, INSS das gestões anteriores?

22) E no setor agropecuário, nossos pequenos agricultores estão recebendo os devidos investimentos? Estão sendo conscientizados das possibilidades de parcerias e de projetos no setor?

23) Qual o nosso modelo de gestão pública?

24) Temos um planejamento estratégico? Será que não era necessário termos um para diagnosticarmos nossos pontos fortes e fracos e agir de acordo com essas perspectivas?

25) E, por fim, porque todos temos que ir embora de Glória?

Pensem meus amigos,realizem uma verdadeira reflexão sobre essas questões e analisem elas como possibilidades de soluções futuras.

Abraços.

O PT aprendeu!!!




Durante anos o Partido dos Trabalhadores foi visto como um partido que reunia pessoas consideradas “subversivas”, esquerdistas radicais, de diferentes tendências e formas de pensar sobre os rumos que o país deveria tomar. Estas pessoas acreditavam na discussão política/ideológica como forma de se chegar a uma decisão final. Era praticamente impossível aceitar uma determinação ou ordem sem uma boa discussão ou uma boa “briga”. O interessante era que naquela época sempre ouvia algumas pessoas dizendo: “Como um partido desse vai governar um país? Ou um Estado? Ou um Município? Eles nem unidos são”. Essa idéia era um senso comum nos corredores direitistas e conservadores. Pois é, mas esse questionamento centralizador e linear não deixou espaço para uma percepção importante: “O mundo é dinâmico, a sociedade esta em constante movimento e transformação e os partidos políticos como parte dessa sociedade, também, se movimenta e se transforma”. E foi isso que aconteceu com o PT. Eles primeiro perceberam que deveriam mudar essa imagem “radical” e de “desunião” do partido. Visualizaram também que a nossa sociedade não estava preparada para sua ideologia revolucionária e comunista. Então, como desejavam o poder (todos os partidos desejam) começaram uma profunda transformação nas estruturas do partido. Alguns foram expulsos, outros pediram para sair, outros se remodelaram e se contextualizaram ao novo modelo, enfim, a mudança foi feita e o poder chegou.

O PT se adaptou e não é mais o mesmo, isso é fato. Ele agora esta mais social democrata - centro (e alguns ainda falam do DEM como demônios). Mas uma coisa é verdade. O PT fez o melhor governo que esse país já teve até hoje. Foi mais povo, olhou mais para o povo. Pensou em todas as regiões desse país continental e agiu. Não conseguiu diminuir uma série de problemas, mas segue um caminho diferente dos presidentes e partidos anteriores. É certo que a elite continua ganhando muito, que as grandes fortunas ainda não são tributadas como deveriam, que a reforma fiscal e política é uma necessidade alarmante e que ainda temos muita miséria e violência. Mas se fomos parar e refletir vamos concluir que pensar um país capitalista sem uma elite ganhando é impossível. Então meus amigos, a conclusão é que o PT aprendeu a se manter no poder, aprendeu a ser direita quando é necessário ser direita e fez uma coisa nunca vista na história desse país (Eita Lula...rsrsrs)...A diplomacia...conversou com todo mundo, com todos os setores e deixou para os direitistas conservadores a imagem do autoritarismo e do coronelismo.